A 11ª tese de Marx a Feuerbach

17:32
 
Поделиться
 

Manage episode 261046393 series 2666951
Сделано Filosofia Vermelha и найдено благодаря Player FM и нашему сообществу. Авторские права принадлежат издателю, а не Player FM, и аудиоматериалы транслируются прямо с его сервера. Нажмите на кнопку Подписаться, чтобы следить за обновлениями через Player FM или скопируйте и вставьте ссылку на канал в другое приложение для подкастов.

"Os filósofos têm apenas interpretado o mundo de maneiras diferentes; a questão, porém, é transformá-lo."


As teses de Marx a Feuerbach são um dos textos mais conhecidos, concisos e obscuros de toda a história da filosofia. Se assemelham, em parte, aos fragmentos dos filósofos pré-socráticos.


Nosso curso de introdução à filosofia, com certificado de conclusão ao final: https://www.udemy.com/course/introducao-a-filosofia-dos-pre-socraticos-a-sartre/?referralCode=51CAB762A412100AFD38


Marx não redigiu estas teses para serem publicadas, e nunca as mostrou nem mesmo para Engels. Elas ficaram desconhecidas de 1845 até 1888, quando então vieram à luz como apêndice da obra "Ludwig Feuerbach e o declínio da filosofia clássica alemã", do próprio Engels, e ligeiramente alteradas.


Nosso objetivo aqui é investigar duas questões: se de fato procede a generalização de que "todos" os filósofos anteriores a Marx apenas interpretaram o mundo, sem nunca desejar transformá-lo, e se a tese onze de fato expressa uma oposição entre teoria e prática.


Para isso faremos a comparação dos textos no original em alemão e nos apoiaremos em comentadores como o filósofo marxista Ernst Bloch.


Nossas redes sociais e YouTube: https://linktr.ee/filosofiavermelha



See acast.com/privacy for privacy and opt-out information.

15 эпизодов